O alquimista

NEM TRANSMUTAÇÃO DE METAIS NEM ELIXIR DA LONGA VIDA - A PEDRA FILOSOFAL AO PODER

quarta-feira, dezembro 20, 2006

PONTE DA ARRÁBIDA - 50 ANOS































Iniciaram-se no dia 12 de Dezembro, há 50 anos, os trabalhos de construção da Ponte da Arrábida, sob a direcção do Engº Edgar Cardoso, falecido em 2000. A sua construção foi considerada imprescindível dentro do plano da auto-estrada Porto/Lisboa cuja construção já se iniciara.
O vão da ponte, com 270 metros, era, na altura, o maior do mundo. O seu tabuleiro está a cerca de 70 metros do nível das águas e tem 615 metros de comprimento. Foram gastos cerca de 20.000 toneladas de cimento e 59.000 m3 de betão, tendo a obra ficado por 240 mil contos
Foi inaugurada em 22 de Junho de 1963.
Era a terceira travessia do rio Douro que hoje contá já com seis: 3 rodoviárias (Arrábida, Freixo e Infante D. Henrique); 1 caminho de ferro (S. João); 1 Metro (D. Luís - reconvertida); 1 desactivada (D. Maria).
"...A ponte é uma passagem
p'ra outra margem
desafio pairando sobre o rio
a ponte é uma miragem..."
Jafumega in "Ribeira"

3 Comments:

  • At 6:50 da tarde, Blogger PAH, nã sei! said…

    Há coisas incríveis... quase a consigo ver quando vou às janelas (tenho o Cabedelo e a Foz a dar-me as boas-vindas), vendo-a todos os dias (mas, raramente passo no seu tabuleiro), é preciso "navegar" por mares virtuais para lhe ver uma beleza incrível!

    Obrigada!

     
  • At 12:47 da manhã, Blogger alquimista said…

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

     
  • At 12:54 da manhã, Blogger alquimista said…

    Pois é, vamos tantas vezes para longe à procura de coisas bonitas e elas aqui mesmo à nossa porta. Assim nós as consigamos ver...
    E parabéns pelo privilégio de ter o Cabedelo e a Foz por companhia!

     

Enviar um comentário

<< Home