O alquimista

NEM TRANSMUTAÇÃO DE METAIS NEM ELIXIR DA LONGA VIDA - A PEDRA FILOSOFAL AO PODER

domingo, julho 13, 2008

PORTO - A MEMÓRIA DOS LUGARES


Rua das Flores

Inicialmente chamada Rua de Santa Catarina das Flores, foi mandada abrir no século XVI por ordem de D. Manuel e que durante muitos anos foi a rua dos ourives. "Moçoilas dos arrabaldes paravam em frente das ourivesarias a admirar as grandes arrecadas, os cordões e os corações de ouro que viriam a ser os seus mais ricos enfeites a exibir nas festas da sua devoção ou nas romarias mais concorridas da sua terra". Assim rezava uma das crónicas do século XIX.

Foi considerava a Meca do Romantismo nesse mesmo século, onde poetas apaixonados recitavam para as suas amadas postadas nas lindas varandas de ferro forjado ainda hoje bem visíveis os seus poemas arrebatadores. De entre eles não podia deixar de estar o nosso Camilo.

Ao fundo é visível o Convento de Avé Maria e a Estação de S.Bento.

1 Comments:

  • At 11:01 da manhã, Anonymous Ralf said…

    Olá alquimista !
    Muito obrigado pelas fotorafias actuais/antigas !
    tenho uma fotografia antiga do muro dos bacalhoeiros...do ano 1964 !
    Havia mesmo nenhuma casa ?
    (link via meunome/homepage)
    Ralf

     

Enviar um comentário

<< Home