O alquimista

NEM TRANSMUTAÇÃO DE METAIS NEM ELIXIR DA LONGA VIDA - A PEDRA FILOSOFAL AO PODER

sábado, março 03, 2007

MENTECÁPETOS

MANUEL BENTO (1948-2007)

Faleceu há dois dias vítima de ataque cardíaco. Foi guarda-redes de futebol do SLBenfica e da Selecção Nacional nas décadas de 70 e 80. Juntamente com Vitor Damas (Sporting CP) e Vitor Baía (FC Porto) compunha o trio dos melhores guarda-redes que, desde que me conheço, vi actuar em Portugal.

Hoje, em todos os campos do país, cumpriu-se um minuto de silêncio no início do jogo.

Foi assim no Dragão, antes do FCPorto/SCBraga, a que assisti no meu lugar cativo de sócio do clube que sou desde os quatro meses de idade...

Imediatamente a seguir ao apito do árbitro para o início do referido minuto de silêncio, a claque do FCP, denominada pomposamente de SUPER DRAGÕES (constituída por algumas dezenas ou centenas de jovens) deu início aos seus habituais cânticos primários e obscenos com que costuma brindar o SLBenfica, saltando, gritando e agitando as gigantescas bandeiras, perante a estupefacção e indignação dos restantes 40 000 adeptos.

Só por duas vezes me vieram as lágrimas aos olhos num estádio de futebol. Nem numa nem noutra pela alegria da vitória ou pela tristeza da derrota. Mas com a frustração resultante da tomada de consciência da nossa impotência perante a morte.
A primeira foi em 1974, após a morte de PAVÃO (jogador do FCP) em pleno campo, durante um jogo contra o Setúbal.

A segunda foi hoje. Não só pela morte do BENTO mas, principalmente, pela raiva de que fui acometido ao ouvir os cânticos e insultos primários de todos aqueles jovens MENTECAPETOS, enquanto se prestava homenagem a um dos maiores desportistas de sempre deste país.
Esta noite, mais uma vez, entendi claramente, que o desporto, em lugar de ser um veículo de aproximação e confraternização entre os homens é utilizado em sentido totalmente diverso, por alguns dos seus intervenientes.
No Desporto, a única coisa que deve dividir os homens é a cor das camisolas!

Foi revoltante, foi vergonhoso, foi demasiado mau para ser verdade e deixou-me com vontade de vir embora.

Não foram mais que algumas dezenas de jovens entre os 12 e os 25 anos sensivelmente. O que é mais grave. Foram jovens. Muitos deles frequentam escolas em que alguns de nós, professores, damos aulas. Alguns deles farão parte da lista dos que ultimamente têm agredido docentes e funcionários. Os mesmos que têm curriculos alternativos, aulas de apoio, material escolar gratuito, etc, etc.

Não quero estar a ser demagógico pois sei que toda esta gente provem de contextos familiares e sociais tremendamente complexos. Mas, embora reconheça que muitos dos avanços da história só foram possíveis graças a minorias esclarecidas, não sou ingénuo ao ponto de aceitar que as regras passem a ser ditadas por minorias destas, ainda por cima ignorantes...

Talvez fosse tempo de aquela senhora que está no Ministério da Educação preocupada em pôr os professores nas férias a arquivar papeis, a organizar dossiers e outras tretas parecidas só para mostrar à opinião pública que agora "acabaram as baldas", se preocupar com a indisciplina crescente nos estabelecimentos de ensino e devolver a credibilidade e a autoridade à classe. Para que esta, no local próprio, a Escola, possa agir adequadamente perante casos de indisciplina graves que DIARIAMENTE se vêm registando.

Ou então, que vá de vez em quando ao futebol assistir a um jogo no meio de uma claque!!!

8 Comments:

  • At 12:18 da manhã, Blogger Maria Velho said…

    Lindo Alquimista
    Ñão se entristeça ou enfureça...a juventude de que fala e coahibta nas escolas, nos estádios e nas casas de muitos de nós não agem apenas por impulso. Não sabem e não lhes foi ensinado!problema que é mais dilacerante quando a morte está em foco.Mas, e este mas é impregnado de frustração, talvez nós, os que sentem e medem com a mente e o coração, ainda possamos recapitular e nunca mais se desrespeitará a essência de algum ser humano.O Bento era , em tempos idos, muito apreciado por alguém que também muito cedo, resolveu partir( o meu Pai que faz hoje 67 anos!).Fica aqui a minha singela homenagem ao Homem-Guarda Redes e a Si pela sua grante estatura moral.
    E como se diz na minha terra:Bem Haja Senhor Alquimista e Paz ao Sr. Bento

     
  • At 12:45 da manhã, Blogger O LEÃO DA ESTRELA said…

    Antes de mais, um ponto prévio: atrasados mentais e energúmenos existem em todo o lado. Vem isto a propósito dos insultos profundamente lamentáveis que meia dúzia de arruaceiros da claque do FC Porto “Super Dragões” lançaram contra Manuel Bento e contra o Benfica durante o minuto de silêncio em memória do grande guarda-redes do clube lisboeta e da selecção nacional, decretado pela Liga de Clubes. Dado que este acto contra o futebol foi praticado em pleno Estádio do Dragão, antes do jogo FC Porto-Sp. Braga, o mínimo que se pede a Pinto da Costa é que, em nome do FC Porto, venha a público demarcar-se desse acto de vandalismo verbal e pedir desculpas à família de Manuel Bento, ao Benfica e ao futebol português. Se não o fizer é porque assina por baixo. E se assina por baixo, então está a mais no futebol português…

     
  • At 1:03 da tarde, Blogger MJ said…

    Bom dia, meu querido:

    Dizer que o que se passou é lamentável é muito pouco. É inconcebível! Inaceitável! Criminoso, até!

    No entanto, e infelizmente, atitudes dessas, vindas de camadas jovens, já não me espantam.

    Sabes, tão bem quanto eu, porque ambos trabalhamos com jovens que, de ano para ano, os seus valores morais se vão extinguindo.

    Começam a não saber os limites onde a sua liberdade deve terminar porque a dos outros começa.

    Não quero, sequer, imaginar, que serão estes jovens que, um dia, estarão no comando do barco que é o nosso País.

    Um beijo*

     
  • At 1:20 da tarde, Anonymous ASPÁSIA said…

    AMIGO ALQUIMISTA

    MUITO ME ENTRISTECEM ESSAS NPTICIAS. ESTOU C POUCO TEMPO.
    HA DIAS DISSE NO MURCON Q MEU PAI E EU TEMOS VERGONHA DE SER PORTUGUESES.

    A NOSSA JUVENTUDE OU SEJA O FUTURO DESTE PAÍS ESTA A CAIR NUM ABISMO DONDE NAÕ CREIO Q SE POSSA REERGUER

    TALVEZ POR ESTE ESATDO DE COISAS NO GERAL DE PORTUGAL ISSO HAJA PAIS E PROFESSORES QUE DÃO EM HOMICIDAS DA FAMÍLIA OOU NO GERAL, SUICIDAS E MENTECAPTOS DE TODA A ORDEM.

    ALGUNS COMPLETAMENETE VISTOS COMO NORMAIS AOS OLHOS DA SOCIEDADE... ATE AO DIA EM Q ACONTECE UMA COISA COMO O CRIME/SUICIDIO DE LOULE POR EXEMPLO.

    TIVE MUITA PENA PELO HOMEM E DESPORTISTA QUE FOI O BENTO.

    QUE TRISTE Q TERA FICADO SE VIU ESSAS CENAS...MAS CREIO Q NÃO.

    UM BOM DOMINGO PARA TI NA MEDIDA DO POSSIVEL

    UM BEIJO TRISTE.

     
  • At 1:24 da tarde, Anonymous APÁTRIDA EM ESPÍRITO said…

    ESSES JOVENS E DADO O ESTADO DE IMPUNIDADE TOTAL QUE SE VIVE NESTE DESGOVERNO SERÃO OS ASSASSINOS DE AMANHA.
    OS ASSASSINOS DOS NOSSOS FILHOS.EU NAO OS TENHO MAS TEMO PELSO VOSSOS.

    PORTUGAL É UMA ARENA ESCANCARADA AO CRIME DE TODA A ORDEM - VISIVEL OU INVISIVEL - DOS GRANDES OU DOS PEQUENOS.

     
  • At 3:01 da tarde, Blogger andorinha said…

    É absolutamente lamentável o que se passou no Dragão.
    Ainda não tinha tido conhecimento.´
    Sinto-me imensamente triste por cenas destas se tornarem cada vez mais habituais.
    Clubites à parte, isto é o desrespeito total pelo ser humano.
    REVOLTANTE!

     
  • At 3:53 da tarde, Blogger Migmaia said…

    Alquimista:
    Muitos parabéns pela Excelência do comentário. Também estive no Dragão, mas felizmente (neste caso)que cheguei atrasado. Só hoje me apercebi, pela comunicação social, do sucedido. Lamento profundamente o comportamento dessa minoria, pelo Bento, mas essencialmente pela ameaça que representam na sociedade.

     
  • At 8:16 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    "Toda a gente" na cidade do Porto, sabe da imunidade que muitos elementos dessa suposta claque têm, e das vergonhas que todos as semanas, no estádio, nas discotecas, em qualquer sítio, vão cometendo. O conselho que dão pessoas ligadas às forças de segurança pública deste país a quem quer apresentar queixa dessa "gente" é que não se metam com eles para não arranjarem problemas. A podridão passa impune, mas aqui não vejo os grandes investigadores a dar a cara...

     

Enviar um comentário

<< Home