O alquimista

NEM TRANSMUTAÇÃO DE METAIS NEM ELIXIR DA LONGA VIDA - A PEDRA FILOSOFAL AO PODER

segunda-feira, maio 14, 2007


SONETO DO AMOR TOTAL

AMO-TE TANTO, meu amor...não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te, enfim, como grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei-de morrer de amar mais do que pude.

7 Comments:

  • At 10:44 da tarde, Anonymous ASPÁSIA SIMPLESMENTE said…

    COMEÇAR A SEMANA COM UMA DECLARAÇÃO... FAZ BEM À CABEÇA E AO CORAÇÃO!

    VINICIUS - UM POETA TOTAL!

    BEIJO POÉTICO*

     
  • At 10:38 da manhã, Blogger MJ said…

    Doce Alquimisra :-)

    Estamos apaixonados é? Ou foi só à beleza do poema que não resististe?
    É de facto muito, muito lindo.
    O último terceto, então...
    "E de te amar assim, muito e amiúde
    É que um dia em teu corpo de repente
    Hei-de morrer de amar mais do que pude."
    Uma delícia... :-)

    beijo deliciado*

     
  • At 12:17 da manhã, Blogger alquimista said…

    Aspásia:

    Faz bem no início da semana, do mês ou do dia...

    E quanto mais declarações melhor, desde que não sejam para entregar nas Finanças ...

     
  • At 12:32 da manhã, Blogger alquimista said…

    Olá João:

    "Estamos apaixonados é? Ou foi só à beleza do poema que não resististe?"

    É assim: o meu ponto fraco sempre foi gostar de beleza; e o forte, lutar por ela ... :)

    Hoje estou inspirado, diz lá ...:):):)

    Um beijo "qb"

     
  • At 11:45 da tarde, Blogger PAH, nã sei! said…

    Lembra-me um "nick" que tive: Love is a word just overly chichéd"...
    Amo-te... não se terá tornado demasiado fácil? Ou estarei eu demasiado exigente e fria?

     
  • At 11:26 da tarde, Blogger alquimista said…

    Pah...

    ... não sei, mas vou mais pela segunda hipótese !

     
  • At 1:55 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Alquimista e poeta! Presumo aqui uma conjugação interessante, que me desperta curiosidade.

     

Enviar um comentário

<< Home